Parar de beber: como a bebida alcoólica prejudica o corpo?

Parar de beber. O consumo contínuo do álcool pode ocasionar inúmeras complicações em sua saúde, mas também em sua vida profissional e pessoal. Saiba como esse vício atua e por que você precisa parar de beber.

Muitos de nós nos acostumamos com a ideia de que qualquer evento precisa ter o consumo de bebida alcoólica para que seja divertido, seja um aniversário, um happy hour com os colegas de trabalho, alguma data especial ou apenas algo que você veja que existe a necessidade do álcool aparecer, essa prática parece ser inofensiva, mas não é.

Essa ação é muito séria, pois quanto mais álcool você ingere mais seu organismo se acostuma com os elementos presentes nele e isso é um gatilho para gerar alcoolismo.

Com isso, aproximadamente 2 bilhões de pessoas ingerem bebidas alcoólicas no mundo e no mínimo 4 milhões delas adquiriram o vício do álcool, dados confirmam que anualmente haja cerca de 2,3 milhões de mortes, sendo elas causadas principalmente pelo uso em excesso. Mas o número de pessoas que querer parar de beber não é tão grande.

Alcoolismo

Não existe uma quantidade segura para a ingestão do álcool, cada um desenvolve o vício de uma maneira distinta, devido a isso qualquer pessoa está sujeita a se tornar dependente dele. Para seu organismo metabolizar uma dose de álcool, que representa cerca de 10 ml de etanol puro, demora cerca de uma hora, ou seja, ele consegue metabolizar somente uma dose por hora e quando isso é ultrapassado gera uma grande sobrecarga. Sendo assim, parar de beber é a melhor opção.

Isso confirma que o maior risco em curto prazo de seu uso é para as gestantes, pois qualquer quantidade de álcool consumido pode atingir o feto e interferir em seu desenvolvimento através do Sistema Nervoso desde o primeiro mês gestação. Além disso, o álcool  é capaz de afetar diretamente alguns de nossos órgãos e interferir em seu funcionamento, os principais são:

Cérebro

Provoca sonolência, perda de reflexo de memória, e coma através da interferência ao Sistema Nervoso Central.

Coração

Acelera a atividade do sangue no coração e a frequência dos batimentos cardíacos através da liberação da adrenalina.

Fígado

Contribui para a hepatite alcoólica, inflamação crônica, e cirrose por modificar a produção de enzimas onde mudam o ritmo do metabolismo do álcool consumido.

Rins

Compromete o processo de filtragem de substâncias por conta do álcool ter efeito diurético que sobrecarrega os rins.

Estômago

Por conta da irritação das mucosas do estômago e do esôfago, possibilita a esofagite, gastrite e diarreia.

Órgãos sexuais

Afeta a fertilidade ou causa disfunções pela rápida divisão das células reprodutivas ou pelo retardo delas onde aumenta o nível de acidez nestes tecidos.

Sistema renal

Responsável pela hipertensão arterial quando a bebida altera a capacidade de filtragem do nosso corpo através dos rins o que gera uma alteração dos hormônios que controlam a pressão arterial.

O mal do consumo da bebida não está somente na afetação de alguns órgãos, mas também em várias doenças que são irreversíveis por ter um processo lento e ser descoberta apenas em sua fase mais avançada, mesmo que algumas outras possuem cura, a melhor escolha capaz de prevenir ou cessar essas doenças é parar de beber, esse é o único recurso para você ter certeza de que não sofrerá com essas doenças.

2 thoughts on “Parar de beber: como a bebida alcoólica prejudica o corpo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *