Parar de beber: Remédio para alcoólatra conseguir parar de beber

Parar de beber, primeiramente vamos falar sobre o alcoolismo que é um vício sério e que afeta gravemente a nossa sociedade independente da faixa etária.

O que é o alcoolismo?

O alcoolismo é um vício que afeta o indivíduo e o deixa dependente do consumo de bebidas alcoólicas. 

Abusar do álcool é diferente de alcoolismo, pois o alcoolismo causa vontade incontrolável de ingerir bebidas alcoólicas, perda do controle, assim como, dependência do álcool. Abusar do álcool nada mais é do que alguém beber mais do que consegue tolerar e assim ficar embriagado.

Como conhecer um alcoólatra?

Os sintomas mais comuns entre os alcoólatras, contudo não necessariamente ocorrem simultaneamente são:

Descontrole do consumo: A pessoa não consegue parar de beber depois de começar;

Alta tolerância ao álcool: Necessidade de beber cada vez mais doses para ficar bêbedo e continuar precisando beber cada vez mais; 

Compulsão: Vontade louca de consumir bebidas alcoólicas;

Crises de Abstinência: Começa a passar mal quando fica sem beber, por exemplo, tem crises de ansiedade, tremores, dor de cabeça, etc.

Esses são alguns dos sintomas mais comuns entre os alcoólatras.

Por que parar de beber?

Além dos transtornos que os alcoólatras causam aos seus amigos e familiares, os principais motivos para se parar de beber é porque o álcool realmente faz mal a própria pessoa e não tem nada pior do que fazer o mal a si mesmo.

O álcool intoxica o corpo e quanto maior o nível de álcool no sangue pior levando a desencadear uma série de problemas como:

  • Insanidade;
  • Problemas na fala;
  • Dificuldade de se concentrar;
  • Problemas de memória;
  • Falta da coordenação motora.

E quanto pior o nível de alcoolismo da pessoa ela poderá sofrer de:

  • Problemas Gastrointestinais;
  • Problemas Neuromusculares;
  • Cardiovasculares;
  • Sexuais;
  • Distúrbios mentais.

Nenhum dos problemas causados pelo alcoolismo é leve, por isso, deve buscar sempre um tratamento sempre que possível. Pois essas são consequências irreversíveis.

Tem como vencer o alcoolismo?Parar de beber

Por mais difícil que seja o alcoolismo possui uma cura, porém ela não é fácil e depende muito da vontade do alcoólatra de se tratar, só que hoje em dia a diversos tipos de tratamentos para essa doença e pode-se escolher o método que mais se adéqua ao paciente. 

Quanto antes reconhecer o problema com o álcool mais fácil será tratar, então procure um médico e grupos de apoio que podem te orientar no que fazer. O alcoolismo é uma doença como qualquer outra e não se deve ter vergonha ou tratar como um problema, pois ninguém pede para ficar doente.

Métodos de tratamento – Parar de beber

O nível de tratamento irá variar do grau de vício do paciente. Então é importante que seja transparente sobre o problema e só assim terá um diagnóstico correto. Se estiver com receio de ir atrás de um médico ou não confia no SUS, busque por grupos de apoio como os Alcoólicos Anônimos, pois eles te darão todo o apoio que for possível. 

Os métodos de tratamento basicamente consistem em aconselhamentos, medicamentos, apoio psicológico, nutrição, assim como, exercícios físicos. Parar de beber só trará benefícios a saúde. Não deixe de buscar ajuda.

Remédio para alcoólatra – O que é?

Conheça mais sobre os Antietanol ou remédio para alcoólatra. Para que serve? Como usar?  Como funciona?

Os principais Antietanol são compostos por Dissulfiram, Acamprosato, Magnésio, Vitamina B, Zinco e etc.

Os remédios para alcoólatra geralmente é chamado de antietanol. Muito deles têm como principal objetivo fazer o alcoólatra criar uma aversão à bebida causando náusea, dores, palpitações, assim como, outros sintomas ao ingerir a bebida alcoólica. Veja mais sobre os efeitos de algum desses elementos que compõe o antietanol.

O dissulfiram

Piora ainda mais os sintomas da ressaca como causando vômitos, dor de cabeça, pressão baixa ou dificuldade, sempre que a pessoa consumir bebida alcoólica.

Como usar: Recomenda-se tomar cerca de 500 mg ao dia, contudo é preciso de aconselhamento médico para definir a dose.

Quem não deve usar: Quem tem hipersensibilidade aos componentes, cirrose hepática com hipertensão portal, assim como mulheres grávidas.

A naltrexona

diminui a sensação de prazer provocada pela bebida. Fazendo que aos poucos a bebida fique sem graça.

Como usar: A dose recomendada é cerca de 50 mg ao dia, mas é preciso um aconselhamento médico para instruir as doses corretamente.

Quem não deve usar: Quem tem hipersensibilidade aos componentes, pessoas com doenças hepáticas, assim como mulheres grávidas.·           

O acamprosato

Alivia os sintomas da abstinência tornando o processo de parar de beber mais fácil.

Como usar: A dose recomendada é cerca de 333 mg, 3 vezes ao dia, ou conforme as orientações dos médicos.

Quem não deve usar: Quem tem hipersensibilidade aos componentes, pessoas com problemas graves no rim, Grávidas, assim como e lactantes.

Outro componente que costuma aparecer nos remédios naturais para alcoólatras é a Vitamina B, pois é um nutriente natural para o nosso organismo que ajudará também no combate da abstinência.

Os remédios sozinhos não são o suficiente para alcoólatra parar de beber. Tem que se ter paciência, força de vontade, assim como, disposição para mudar seus hábitos, por exemplo, começar uma alimentação saudável e algum tipo de exercício físico. Isso ajudará na melhora da autoestima e na diminuição da necessidade do álcool.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *